-->

Apresentação de Cesar Brod ao livro O Projeto do Projeto, de Fred Brooks, Jr

Em 2009, depois que concluí a tradução de O Mítico Homem-Mês, tive a grata oportunidade de conhecer o Professor Fred Brooks, Jr., que convidei para palestrar na sexta edição da Latinoware. No evento, Brooks palestrou sobre Colaboração e Telecolaboração, assunto que ele aborda na Parte II deste livro que, agora, você tem em mãos.

Se em O Mítico Homem-Mês já foi necessário um extremo cuidado na manutenção e respeito ao estilo único de Fred (além do respeito ao jargão de engenharia de software brasileiro), em O Projeto do Projeto este cuidado teve que ser ainda muito maior.

Este novo livro é destinado a uma audiência maior, pessoas que lidam com projetos e modelos de natureza muito diversa. Os próprios exemplos ilustrados por Fred, em especial nos estudos de caso, vão de projetos e remodelagens de casas a um centro de computação operado conjuntamente por três universidades, passando pelo modelo de um livro, de uma família de computadores e de um sistema operacional. Mas nos vários capítulos do livro ele ainda fala de projetos de igrejas, de aviões, submarinos, entre outros.

Assim, não há como usar a saída fácil de deixar termos técnicos em inglês junto com alguma eventual tradução, pois os leitores que não são da área de informática não são obrigados a entender o que é um pipeline de instruções, um dispositivo de I/O ou uma arquitetura stack. Para ajudar, algumas notas de rodapé foram colocadas para termos técnicos, históricos, ou que sejam naturais para o leitor americano mas desconhecidos pela maioria dos brasileiros. Quem ouviu falar da Vovó Moses ou do Red Adair, por exemplo?

Mas o desafio maior de todos foi traduzir o título! The Design of Design, título original em inglês que Brooks tomou emprestado de uma obra escrita por Gordon Glegg em 1969, não tem a capacidade de versão direta para o português sem compromisso de seu significado. Design em português pode ser desígnio, desenho, projeto e, em um sentido mais amplo, modelo ou modelagem.

Logo no início da leitura fica claro que Brooks dá grande importância às fases anteriores à realização de um projeto. Sua concepção, sua modelagem, tudo aquilo que é pura matéria de pensamento, antes da existência de algo concreto. Isto não ficava tão claro como o desejado em qualquer das tentativas de tradução do título. Por fim, além de conversar com o autor, lancei a pergunta a meus leitores no Dicas-L e, com a ajuda da minha revisora, Joice Käfer, e da equipe da editora Campus Elsevier (meu muito obrigado a todos vocês!), optamos por usar mesmo O Projeto do Projeto, incluindo o subtítulo “da modelagem à realização”, qualificando o título de forma um tanto artificial mas buscando respeitar ao máximo o que o autor deseja transmitir.

Boa leitura!

Cesar Brod
Lajeado, RS
agosto de 2010



Design: Dobro Comunicação. Desenvolvimento: Brod Tecnologia. Powered by Drupal